6 dicas para criar um ótimo plano de marketing empresarial

O marketing é um componente chave para o sucesso de todas as pequenas empresas. Use estas seis dicas para criar um plano que funcione para você.

  • Um plano de marketing identifica seu público-alvo, os canais mais eficazes para se envolver com eles e insights analíticos para orientar a estratégia futura.
  • As empresas precisam de um plano de marketing abrangente para coordenar suas campanhas e medir adequadamente seu impacto.
  • O marketing é um esforço cumulativo, e um plano unificado maximiza o valor de cada campanha em direção a uma estratégia coesa.
  • Este artigo é para proprietários de pequenas empresas que desejam criar um plano de marketing eficaz que alcance maior engajamento e impulsione o crescimento dos negócios.

Toda empresa de sucesso precisa de um plano de negócios bem pensado para delinear seu curso de ação. Uma estratégia de marketing é uma parte fundamental desse plano: ela descreve informações críticas, incluindo como uma empresa se distinguirá dos concorrentes e o que a equipe pretende alcançar.

Embora os planos de marketing nem sempre produzam resultados imediatos, eles ainda são um aspecto crucial de um plano de negócios e devem receber muita atenção. Uma estratégia de marketing completa e eficaz pode revelar oportunidades por meio de novos segmentos de público, mudanças na estratégia de precificação ou diferenciando a marca da concorrência.

Veja como criar um plano de marketing eficaz para o seu negócio. Diz a equipe Seo BH em seu site: https://www.seobh.org/.

Como desenvolver um plano de marketing empresarial

Um plano de marketing focado define dois objetivos. A primeira é manter o engajamento e a fidelidade do cliente , e a segunda é capturar a participação de mercado dentro de um segmento de público específico do seu público-alvo.

Seu plano de marketing descreve as estratégias que você usará para atingir as metas e as ações específicas que sua equipe de marketing empregará, como as campanhas de divulgação específicas, em quais canais elas ocorrerão, o orçamento de marketing necessário e projeções baseadas em dados de seu sucesso .

O marketing é um compromisso orientado pela ciência que normalmente requer meses de dados para refinar as campanhas, e um plano de marketing interconectado mantém sua empresa comprometida com suas metas de longo prazo.

Todas as diretrizes de marketing voltarão aos quatro P’s: produto, preço, praça e promoção. As dicas a seguir são pontos de partida que irão enraizar o hábito de retornar continuamente a esses quatro P’s.

1. Crie um resumo executivo.

As campanhas de marketing não devem ser consideradas funções individuais. Marketing é a história da sua marca contada aos clientes; como qualquer narrativa, seu tom e personagens devem permanecer consistentes. Um resumo executivo detalha suas metas de marketing para o próximo ano e ajuda a unir cada campanha.

Ao estabelecer suas metas de marketing, elas devem ser específicas, mensuráveis, atingíveis, relevantes e com prazo determinado – ou SMART. Esses objetivos devem trabalhar juntos para alcançar a harmonia interna e externa, contando uma história consistente que informe os clientes sobre sua mensagem exata enquanto se baseia em seus capítulos anteriores.

Por exemplo, você pode definir uma meta SMART para aumentar o tráfego de mídia social da sua empresa em 15% em um período de 90 dias e planejar para atingir isso criando quatro postagens relevantes, informativas e de alta qualidade por semana em cada plataforma, usando kit de marca da sua empresa.

Fonte de reprodução: Adobe Stock

2. Identifique seu mercado-alvo.

Antes de escrever um plano de marketing, você precisa encontrar e entender seu nicho. Pergunte a si mesmo quem é o grupo demográfico específico que você está segmentando. Por exemplo, se sua empresa vende refeições de 30 minutos, é provável que aqueles que trabalham em empregos tradicionais das 9 às 5 estão no seu mercado. Estude esse grupo de indivíduos para entender suas lutas e aprender como sua empresa pode resolver o problema.

3. Diferencie sua marca com inbound marketing.

O inbound marketing utiliza ferramentas internas – como marketing de conteúdo, atividade de mídia social e otimização de mecanismos de busca (SEO) – para atrair a atenção do cliente principalmente por meio da comunicação online. O marketing de conteúdo pode incluir postagens informativas em blogs, entrevistas, podcasts com figuras relevantes do setor ou guias complementares sobre como usar melhor seu produto. Por exemplo, se você vende suprimentos de cozinha, considere postar várias receitas divertidas nas festas de fim de ano que suas ferramentas podem ajudar a preparar.

Cada uma dessas estratégias capacita as outras em um loop para obter maior atenção ao cliente. Uma oferta de conteúdo forte pode melhorar sua classificação nos mecanismos de pesquisa, o que leva mais pessoas ao seu site e páginas sociais. Você pode então compartilhar essas peças de conteúdo desenvolvidas para esse público mais amplo, que melhorará novamente suas classificações nos mecanismos de pesquisa. Tudo isso pode ser feito sem a despesa de um famoso endossante ou campanha publicitária comercial.

4. Identifique concorrentes que também visam seus clientes.

Não importa quão original seja seu produto ou serviço, sempre há competição pelo dinheiro do seu cliente-alvo. O pessoal de pequenas empresas raramente dedica tempo para estudar seus concorrentes em profundidade ou identificar empresas fora de seu setor que são igualmente capazes de atrair clientes. Saber quem são seus concorrentes, suas principais vantagens competitivas e como eles podem responder às suas ofertas – como redução de preços ou aumento da comunicação – ajuda você a elaborar estratégias para combater essas perdas.

Ao procurar esses concorrentes, você pode desenvolver maneiras de diferenciar sua empresa, fornecendo aos consumidores o que eles podem estar faltando em sua concorrência. Observe como seus concorrentes operam para encontrar maneiras de se destacar e direcionar seu público-alvo para o seu negócio.

Fonte de reprodução: Adobe Stock

5. Declare a posição da sua marca para seus clientes-alvo.

Em última análise, sua marca – e o que ela simboliza para os clientes – é sua maior vantagem. Você deve ser capaz de escrever uma frase declarativa simples de como atenderá às necessidades do cliente e vencerá a concorrência. As melhores declarações de posicionamento se concentram em resolver um problema para o cliente de uma maneira que promova o melhor valor.

6. Faça o orçamento do plano.

Ao implementar uma estratégia, considere o orçamento de marketing que você alocará. O marketing exige dinheiro por vários motivos, incluindo promoções pagas, software de marketing, eventos e custos terceirizados. Considere seu orçamento ao criar o plano para que haja dinheiro disponível para gastar em táticas de marketing para atingir seus objetivos.

Ao elaborar o plano e avaliar seu curso de ação, observe o custo estimado, os ativos e o tempo necessário para atingir as metas estabelecidas; isso ajudará quando chegar a hora de definir o orçamento real calculado. Quaisquer metas que você criar devem ser realisticamente alcançáveis ​​dentro do orçamento que você definiu.

FONTE: https://pt.wikipedia.org/wiki/Marketing_digital

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.