brinquedotecas universitárias

 

Pergunta: Estamos montando um curso de pedagogia na nossa unidade. Um dos laboratórios exigidos é a criação de uma brinquedoteca, então gostaria de saber algumas informações a respeito de brinquedotecas universitárias.

Resposta: Desde 2005 o SESU solicita a instalação de brinquedotecas para ser utilizada como laboratórios de aplicações pedagógicas no curso de Pedagogia. Seguem algumas orientações:

 

Pergunta: Existe um padrão de tamanho do espaço físico?

Resposta: Não há definição sobre isto, mas o ideal é utilizar no mínimo um espaço de uma sala de aula comum. A utilização do acervo contido nesse local pode ser ampliada e diversificada caso haja uma  circulação do mesmo a outros espaços da faculdade, como salas de aula, pátios etc., ou ainda,  empréstimo de material.

 

Pergunta: Qual o requisito mínimo para uma brinquedoteca funcionar?

Resposta: O funcionamento e a utilização de uma brinquedoteca universitária devem se basear  no tripé Ensino, Pesquisa e Extensão. Para tal, é essencial contar com um professor responsável e com conhecimento para trabalhar projetos lúdicos com os alunos de modo que compreendam a importância do brincar, do brinquedo e dos jogos na Educação Infantil e no Ensino Fundamental. Quanto ao acervo, é necessário contar com uma variedade de brinquedos que vão de encontro com as necessidades das faixas etárias atendidas no cotidiano dos futuros pedagogos.  Por exemplo, objetos lúdicos construídos  com materiais reutilizáveis, brinquedos tradicionais (chocalhos, pião, bolas de gude, bilboquê, 5 marias, pula elástico, entre outros), e os vários tipos de brinquedos de exercício, simbólico, acoplagem e regras. O material lúdico pode ser complementado pelo de artes plásticas, musicais e de leitura. A organização, disponibilidade, higienização e segurança do acervo é fundamental.

 

Pergunta: Quais os espaços básicos de atividades numa brinquedoteca?

Resposta: Depende da proposta da sua brinquedoteca. Normalmente há diversos espaços organizados de acordo com a proposta. Por exemplo: Canto do Bebê, das fantasias, do faz de conta, dos jogos de regras. Mobiliário básico e versátil para registro das atividades e pesquisas pelos alunos e professores, assim como para higienização e recuperação do acervo, também faz-se necessário.

 

Pergunta: Existe alguma norma regulamentadora?

Resposta: A ABBri está desenvolvendo, mas no momento não há uma específica, porém há alguns critérios pontuais que o MEC avalia.