Nunca três

Nunca três

Material

  • Nenhum

Formação

1 criança (pegador)

Demais crianças espalhadas pelo espaço (em duplas)

Como brincar

Os jogadores se distribuem aleatoriamente pelo espaço determinado para o jogo, organizados em duplas de braços dados. São designados um pegador e um fugitivo.

Quando o fugitivo se cansa, procura o “piques” em alguma das duplas espalhadas pelo espaço e entrelaça os braços com um dos componentes da dupla.

O componente da dupla do lado oposto se solta o mais rapidamente possível e passa a ser o fugitivo.

Obs.: A variação possível para essa atividade é inverter o papel desse componente, de fugitivo para pegador.