XIIª Bienal Internacional del Juego – Centro de Formación e Investigación La Mancha

XIIª Bienal Internacional del Juego – Centro de Formación e Investigación La Mancha – 15 a 19 de setembro – Montevidéu – Uruguay

LaMancha_Bienal Jogo

 

Posted in Uncategorized | Leave a comment

- Curso “Estimulando jogos e brincadeiras nos processos de aprendizagem e reabilitação” – Rio de Janeiro – 30/09/2107

Estimulando Jogos e Brincadeiras

Posted in Uncategorized | Leave a comment

A BRINQUEDOTECA EM DIFERENTES CONTEXTOS – MÓDULO I – ABBri x Ecobrinquedoteca

A BRINQUEDOTECA EM DIFERENTES CONTEXTOS – MÓDULO I

 

Curso em parceria com Ecobrinquedoteca do Parque e Museu de Ciências de Campinas

Coordenação: Maria Celia Malta Campos (ABBri): Tereza Miriam Nunes e Emile Miachon (Ecobrinquedoteca do Parque)

Duração 40 horas
Início: 16/09/2017 – Término: 18/11/2017

Aulas quinzenais aos sábados -  Horário: das 9:h00 às 16: 00h

Informações:  (11) 5533-1513; E-mail: contatoabbri@gmail.com

 

 Local: MDCC – Museu Dinâmico de Ciências de Campinas – Parque Taquaral. Av. Dr. Heitor Penteado, 1101. Portão 5.

 

Link do mapa: Link do Mapa: https://www.google.com.br/maps/place/MDCC+-+Museu+Din%C3%A2mico+de+Ci%C3%AAncias+de+Campinas/@-22.8729005,-47.0615153,17z/data=!3m1!4b1!4m5!3m4!1s0x94c8c60a8c4d7bb5:0x39b4f82f54b3482!8m2!3d-22.8729005!4d-47.0593266

 

OBSERVAÇÕES:

  • Vagas limitadas a 25 participantes.
  • A realização efetiva do curso está sujeita à inscrição de um número adequado de participantes.
  • Incluso material didático online e coffee-break.
  • Certificado com numero de registro de brinquedista formado pela ABBri.
  • Inscrição  mediante envio da  Ficha de inscrição
  • Em caso de desistência, a solicitação de cancelamento de inscrição será aceita somente por escrito  por e-mail: contatoabbri@gmail.com até 15 dias antes do início do curso. As inscrições canceladas após este prazo não serão reembolsadas. O reembolso, quando devido, corresponderá a 70% do valor pago e será efetuado após a realização do evento.

 

Investimento:

R$ 300,00 à vista ou em 3 parcelas mensais iguais de R$ 100,00

Objetivos:

  • propiciar embasamento teórico e prático, numa visão atual e dinâmica, para formação do profissional brinquedista, abrangendo a sua atuação na área educacional e hospitalar;
  • oferecer fundamentos práticos acerca da implantação e operacionalização de  brinquedotecas.
  • ampliar os recursos lúdicos do profissional para animação dos espaços de brincar.

Metodologia: aulas interativas; vivências e oficinas; visitas a brinquedotecas; discussão acerca das relações entre observações e conteúdo das aulas; relatos de experiência dos participantes sobre suas brinquedotecas.

Programa:

Brinquedoteca: conceito e modalidades. O perfil do profissional e suas funções. Os critérios de qualidade da Brinquedoteca adotados pela ABBri: subsídios para elaboração de projetos de brinquedoteca.

O lugar do lúdico em diferentes contextos. A Brinquedoteca como espaço e tempo de aprendizagem: bases teóricas e práticas.  Ambientes favoráveis ao brincar de bebês, crianças, adolescentes.

Seleção, organização e controle do acervo lúdico. Segurança e manutenção de brinquedos. Prática do uso de sistemas de classificação dos brinquedos/jogos.  Discussão de questões dos participantes em função de seus contextos.

Legislação e realidade da brinquedoteca hospitalar. Brinquedoteca e Humanização – Contribuições do brinquedista aos profissionais da equipe de Saúde; A brinquedoteca nos ambientes de Saúde: onde/como montar a brinquedoteca hospitalar.

Projetos Lúdicos no Hospital: Brincar no PS Infantil; A brinquedoteca móvel;Rotinas do brinquedista nos ambientes de Saúde; Procedimentos específicos quanto à higienização dos brinquedos.

Projetos de brinquedoteca – teoria e prática.

OFICINAS: Artes plásticas na brinquedoteca. Intervenções temáticas no espaço lúdico; Brincar, Cantar e Cultura Lúdica; Brincando e criando com sucata ecológica; Técnicas e recursos para a Contação de Histórias.

VISITA TÉCNICA A BRINQUEDOTECA.  Reflexão acerca da visita e relações com o conteúdo e com projetos de brinquedoteca dos participantes.

Coordenação:

Dra. Maria Celia Malta Campos – Pedagoga, Psicopedagoga, Mestre e Doutora em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano (IP-USP), consultora escolar. Atual presidente da Associação Brasileira de Brinquedotecas e membro da ITLA (International Toy Libraries Association). Pesquisadora na área de jogos e formação docente. Organizadora e/ou coautora das obras: Atuação Psicopedagógica Institucional (2012); Jogos na Psicologia e na Educação: teoria e pesquisas (2013); Oficinas de Jogos e Construção do Conhecimento (2015), tendo publicado artigos e capítulos de livros nos temas: avaliação e intervenção psicopedagógica, jogo e aprendizagem, mediação e formação docente. CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/8445373711747966

Esp. Tereza Miriam Nunes – Zamira. Bióloga, Pedagoga, Professora, Educadora Ambiental, Ecobrinquedista, Pósgraduada em Didática da Educação. Atuou na Secretaria Municipal de Educação de Campinas/ SP; no Coletivo Educador de Campinas – Coeduca/ Unicamp. Coordena o Ponto de Cultura Espaço Brincar; é Conselheira da Associação Brasileira de Brinquedotecas – ABBri e integra a associação “Cultura Esperantista & Ecobrinquedoteca”, coordenando a “Ecobrinquedoteca do Parque” em Campinas/ Instituto Biológico. Ministrou mais de 40 cursos de formação de Ecobrinquedistas desde 2004.

Me. Emile Miachon  – Pedagoga e Arquiteta. Mestre em Educação (Unicamp), Ecobrinquedista, Educadora Socioambiental (Coeduca), Especialista em Administração de Marketing (Puccamp). Tutora virtual na EaD UFSCar no curso de Pedagogia (2015). Atua como Professora na rede estadual na EE M.Tolosa/ Campinas. Coordena a Ecobrinquedoteca do Parque Campinas realizando atividades de formação continuada e atualização com adultos por meio de oficinas, palestras e workshops em diferentes contextos, envolvendo as áreas formal e não-formal. Conselheira da ABBri desde 2015. CV Lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4487140D4

Corpo Docente:

Ms. Beatriz Picolo Gimenes – Matemática e Psicóloga. Mestre em Psicologia da Saúde (UMESP). –Especialidades: Psicopedagogia (UMESP), Psicobiofísica (Pinel Mind Instituto/ Zootecnia USP), Terapia Familiar em Hospital (Psiquiatria/ UNIFESP) e Terapeuta em Reabilitação Visual e Baixa Visão (Oftalmologia / UNIFESP – Escola Paulista de Medicina). Atua como Psicóloga Clínica Corporal e Psicopedagoga (Clínica e Institucional), Profa. universitária com experiência em  Psicomotricidade e Arteterapia. Profa. Convidada em Pós-Graduação em Psicopedagogia. Membro Titular da ABPp e da APTF. Conselheira e Presidente do Conselho da ABBri (Gestões: 2010-2011;2016-2017.). Coordenadora do Núcleo ABBri-Grande ABCD/SP. Tem larga experiência em Psicomotricidade, Arteterapia e Psicologia Corporal, com publicações sobre o brincar, brinquedoteca, brinquedos, jogos e contação de histórias, envolvendo crianças, adolescentes e famílias. CV LATTES: http://lattes.cnpq.br/3086946323731485

Esp. Marta Giardini: Licenciatura em Educação Artística, com especialização em Artes Plásticas e Museologia. Seu ideal por uma educação mais atuante e eficiente fez com que buscasse várias formações que lhe proporcionasse uma melhor compreensão do ser humano. Dentre estas formações, destaca-se a de Terapeuta Naturopata, Yoga, Licenciatura em Pedagogia Waldorf e mais recentemente de Mediadora do Aprendizado pelo Instituto Feuerstein. Trabalhou como arte-educadora desde seus 17 anos em várias instituições de ensino e projetos socioeducativos, públicos e privados, como a Secretaria do Menor e Rede SENAC de ensino. Entre oficinas de arte e brinquedos; teatro de animação; júri de concursos de arte e desenho infanto-juvenis; exposições e concursos de fotografia; foi no brinquedo e no estudo do “bom Brincar” que encontrou o entusiasmo para desenvolver seu trabalho voluntário na diretoria da ABRINE, Associação Brasileira de Brinquedos Educativos (entre 2006 e 2014). É sócia fundadora da Mitra Criação Ltda ME, empresa com sede em Itatiba – SP, especializada na produção, comercialização e divulgação de jogos de tabuleiro e brinquedos educativos, atuante no mercado desde 2001.

Mairany Gabriel – Reiki Master, Arte educadora, Professora de Música, Arteterapeuta e Focalizadora de Danças Circulares Sagradas. Conheceu as Danças Circulares Sagradas em 1992 e a partir de 2005 se dedica ao ensino, treinamento, rodas abertas e eventos em diversos segmentos. Foi contemplada com três Prêmios da Funarte e Ministério da Cultura com projetos de Danças Circulares (em 2008, 2009 e 2010). Desde 2006 desenvolve o Projeto Intervenções Urbanas pela Cultura de Paz – Danças Circulares Sagradas em praças e parques públicos de Campinas e RMC. É co-focalizadora Curso de Formação de Focalizadores de Danças Circulares Sagradas em Campinas desde 2014, na Faculdade Metrocamp, em Campinas a partir de 2015.

Ms. Roseli Monaco – Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Master em Tecnologia da Educação pela American Intercontinental University, Pós-graduação em Psicopedagogia pela PUC/SP e graduação em Psicologia pela Universidade de Santo Amaro. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em educação à distância, ensino infantil e fundamental, lúdico na Educação, Psicologia da Educação e Tecnologias da Informação e Comunicação. Foi educadora durante 10 anos no Laboratório de Brinquedos e Materiais Pedagógicos da Faculdade de Educação da USP (FEUSP), responsável pelo Pontão de Cultura da FEUSP e consultora pedagógica do Instituto Brasil Leitor (Biblioteca Primeira Infância e Jovem). É professora do curso de Pedagogia da Faculdade Paschoal Dantas, Atua nos seguintes temas: formação de professores presencial e a distância, prática de ensino infantil e fundamental, brinquedos e brincadeiras na Educação, Psicologia do desenvolvimento, ensino e aprendizagem, uso de mídias na Educação, aprendizagem em ambientes virtuais e associação entre leitura e lúdico na Educação.

Ms. Sirlandia Reis O. Teixeira – Psicóloga e Psicopedagogia. Mestre em Fundamentos Psicossociais do Desenvolvimento Humano e Aprendizagem. Doutoranda na Faculdade de Educação-USP. Vice-Presidente da Associação Brasileira de Brinquedotecas (ABBri) e membro da International Toy Library Association (ITLA). Atua na área clínica e na docência, como professora em cursos de graduação e como coordenadora de curso de Pós-Graduação em Psicopedagogia, onde realiza projetos de pesquisa sobre o brincar e a brinquedoteca e coordena projeto de brinquedoteca para pessoas com deficiência. Pioneira na instalação e na manutenção de brinquedotecas em universidades e hospitais. Tem livros e artigos publicados no Brasil e no exterior.

Ms. Tania Pascutti Zacarias – Mestre em Educação na área Psicologia Educacional pela Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas. Psicopedagoga clínica. Professora do curso de Graduação em Pedagogia e do Curso de Pós Graduação em Psicopedagogia na Universidade S. Francisco/SP. Psicopedagoga responsável no Núcleo de Atendimento Psicopedagógico e Necessidades Especiais (NAP) Campi de Campinas, Itatiba e Bragança Paulista no período de 2009 a 2013, na Universidade São Francisco. Organizou o Laboratório de Pedagogia no Campus USF de Campinas – no período de 2006 a 2009. Desenvolveu orientação pedagógica nas Escolas de Educação Infantil da Prefeitura Municipal de Campinas. Atua como Diretora de Educação Infantil na Prefeitura Municipal de Campinas e na formação continuada de educadores. CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/4688476766641526   – E-mail: taniapascutti@yahoo.com.br

 

Posted in Uncategorized | Leave a comment

Curso online 10ª Ed. UNIAPAE x ABBri

537-thickbox_default

Inscrições:

http://cursos.uniapae.org.br/index.php?id_product=146&controller=product

 

Agosto2

 

Posted in Uncategorized | Leave a comment

comeração do Dia Mundial do Brincar

Dia do Brincar – ABBri_UMAPAZ _ Brincar na Natureza

A ABBri convida adultos brincantes – pais, educadores, interessados no brincar sustentável – para um encontro lúdico no PARQUE do IBIRAPUERA, em São Paulo, em comemoração ao Dia do Brincar.

Dia 6 de junho das 9:30hs as 15:00hs. Evento gratuito.

Endereço: Av. Quarto Centenário, 1268 – Parque Ibirapuera – Portão 7A
Tel.: 11 5908-3800 (PABX) / 3801

cartaz_UMAPAZ

 

COMEMORAÇÃO DO DIA MUNDIAL DO BRINCAR

O Brincar vem sendo reconhecido como atividade indispensável ao desenvolvimento de potencialidades humanas relacionadas a aspectos cognitivos e afetivo-emocionais, sociais e culturais, para todas as idades.

O Dia Mundial do Brincar foi instituído em 28/05/1999, na 8ª Conferência Internacional de Brinquedotecas da ITLA – International Toy Library Association, em Tóquio, para chamar a atenção de todos os atores para esse direito das crianças, tão esquecido por parte dos adultos. Sua mentora, Freda Kim, propôs a comemoração sempre no dia 28 de Maio, data de fundação da ITLA.

Desde então o Dia Internacional do Brincar é comemorado anualmente pelas entidades filiadas à ITLA (International Toy Libraries Association), como é o caso da Associação Brasileira de Brinquedotecas – ABBri, e muitas outras organizações com foco na infância.

O objetivo desta festa mundial é afirmar o direito de brincar, em consonância com o Artigo 31 da Convenção dos Direitos da Criança, que reconhece o direito de cada criança ao descanso, lazer, jogos, atividades recreativas e livres e plena participação na vida cultural e artística.

O ESPÍRITO DESSE DIA SE APOIA NOS PRINCÍPIOS DE:

•           Gratuidade: a participação no Dia do Brincar é gratuita para todos.

•           Brincar para todos: nessa Festa se reúnem pessoas de diferentes idades e culturas.

•           Brincar em todas as suas formas: promove-se a brincadeira em todas as suas formas: brincadeiras tradicionais, em espaço livre, jogos coletivos, brinquedos.

•           Brincar em qualquer lugar: durante um dia, tomemos um momento para brincar! Na rua, em casa, entre amigos, colegas ou em família, a finalidade é redescobrir a importância e os benefícios do jogo.

•           Iniciativas que se relacionam com o brincar: exposições, debates, oficinas.

O tema geral proposto pela ITLA para o Dia Mundial do Brincar 2017 é o Brincar Sustentável. De acordo com esta temática, o presente projeto propõe para esta comemoração um enfoque de educação ambiental, por meio de oficinas e debates.

OBJETIVOS:

1 – Conscientizar e mobilizar a sociedade em relação ao valor do brincar, do brinquedo e da brincadeira como fontes de relação significativa do adulto e da criança com a Natureza.

2 – Ampliar ferramentas para a mediação de atividades lúdicas e artísticas que empreguem elementos naturais ou recicláveis.

Serão oferecidas ao publico visitante: oficinas lúdicas interativas de arte e criatividade com material natural, ecobrinquedos e ecojogos, vivências com brincadeiras cantadas ao ar livre.

EXECUTORES:

ABBri (http://brinquedoteca.net.br/;

Ecobrinquedoteca do Parque – Campinas (http://ecobrinquedoteca.blogspot.com.br/);

Mitra Oficina de Criação (http://www.mitra.net.br/);

Silvia Queiroz (Emília marquesa de Rabicó).

PUBLICO-ALVO: pais, professores de Educação Infantil e de Ensino Fundamental nível I, brinquedistas, arte-educadores, agentes socioambientais e comunitários.

DATA: 06/06/2017

HORARIO: 9HS:30 AS 15HS:00

INTERVALO: 12HS:00/12HS:40 – lanche comunitário.

 

 

 

Posted in Uncategorized | Leave a comment

Conhecer para Fortalecer

V Workshop Conhecer para Fortalecer

O Projeto Conhecer para Fortalecer oferecerá 8 encontros ao longo de um ano com o objetivo de Fortalecer a ação cooperativa dos setores de atendimentos em prol do desenvolvimento integral de crianças e adolescentes

Tema: A família nos dias de hoje e seus desafios. Atendimento familiar, Grupos Multifamiliares, a inserção no território e suas articulações na rede.

Objetivo: Possibilitar aos participantes, experiência do olhar clínico em relação ao tema e as possibilidades de encaminhamento da família com vistas, a melhora das relações e o desenvolvimento da criança e do adolescente.

 

Programação

Data: 25 de maio de 2017

8h: Welcome Coffee  e recepção

8:30 - Palestra “Adolescência, sexualidade e grupos.

10:00 – Trabalho em grupos para refletir sobre “cases”.

11h – Apresentação das refelxões e fechamento

11:45 – Entrega dos certificados

Palestrante:

Luciana Cristina Escudero, terapeuta familiar e psicóloga do Núcleo de Atenção à Família do CAPS IJ do Projeto Quixote.
Link para Inscrição:

INSCRIÇÕES ABERTAS

 

Assista aos videos do I Workshop
Parte 1/4
Parte 2/4
Parte 3/4
Parte 4/4
Assista aos videos do II Workshop
Parte 1/2
Parte 2/2

 

 

 

Posted in Uncategorized | Leave a comment

Memórias de Nylse Cunha

Nylse Helena Silva Cunha nasceu em 23.09.1929 e faleceu em 24.04.2017, deixando filhos, netos e uma plêiade de alunos. Um legado grande e expressivo sobre a educação e também dos alunos com necessidades especiais e posteriormente de brinquedoteca. Até a própria palavra brinquedoteca foi criada e divulgada por ela.

Citemos de sua vida apenas alguns dados importantes: trabalhou 25 anos na APAE de São Paulo como Brinquedista Terapêutica, dirigindo e coordenando uma seção de brinquedos para crianças com dificuldades especiais, bem como, as de  deficiência mental, autismo e outras enfermidades semelhantes.

Criou o famoso e conhecido Instituto Indianópolis para crianças e jovens com necessidades especiais. Escreveu muito e participou de vários congressos nacionais e internacionais, em defesa da criança e do ser humano em geral, em prol de uma vida feliz. De estudos feitos no antigo Colégio Batista Brasileiro, nas Perdizes, onde foi aluna, partiu para o seu desenvolvimento pessoal, assistindo cursos e participando de congressos, assim como os que ofereceu a todo o país. Foi aluna da Presidente da Academia Paulista de Psicologia, Drª Aidyl Macedo Queiroz Pérez Ramos, escrevendo um de seus primeiros artigos, sobre o teste ABC de Lourenço Filho, o qual Drª Aidyl guarda como uma joia e com muita satisfação.

Nos últimos tempos fundou o grupo de estudos internacionais sobre “International Education for Toy Library”, que funciona até hoje e segue em expansão.

Dá grande prazer ao visitar o Instituto Indianópolis, já mencionado, porque logo na sua entrada, vislumbra-se uma grande biblioteca de brinquedos, com um enorme número deles, organizados, conforme idade, quadros clínicos, etc..,além disso com condições ambientais para os próprios alunos brincarem e assim se iniciarem em suas aulas. Nylse escreveu muito, quero apenas citar a sua participação no Seminário de Brinquedotecas, publicado em Brasília, em 2006.

Citemos de Profª Nylse algumas palavras: “Toda criança merece brincar, precisa e tem necessidade de fazê-lo. Elas não brincam, porque precisam trabalhar para a sobrevivência, mesmo sendo especiais; a vida roubou-lhe a infância”.

A Brinquedoteca, seja onde estiver instalada, em igrejas, escolas, creches, hospitais, ruas, isto é onde a criança permaneça, deve ser um espaço privilegiado e coordenado por pessoas qualificadas. Deixo uma reflexão da Profª Nylse: “Que cada um de nós ofereça às nossas crianças a oportunidade que elas precisam para se tornarem cidadãs capazes de construírem um mundo melhor”. Nós dizemos “O lúdico é uma grande oportunidade” (página 35 – Seminário Nacional Brinquedoteca – Câmara dos Deputados 2006).

 

 Aidyl Macedo Queiroz Perez Ramos

 

Posted in Uncategorized | Leave a comment

Curso online 9ª Ed. UNIAPAE x ABBri

537-thickbox_default

Inscrição no link

http://cursos.uniapae.org.br/index.php?id_product=146&controller=product

ESCOPO BRINQUEDOTECA_4

Posted in Uncategorized | Leave a comment

VIII Encontro Nacional de Educação e Ludicidade

CARTAZ A4 AZUL  (2)

Posted in Uncategorized | Leave a comment

brinquedotecas universitárias

 

Pergunta: Estamos montando um curso de pedagogia na nossa unidade. Um dos laboratórios exigidos é a criação de uma brinquedoteca, então gostaria de saber algumas informações a respeito de brinquedotecas universitárias.

Resposta: Desde 2005 o SESU solicita a instalação de brinquedotecas para ser utilizada como laboratórios de aplicações pedagógicas no curso de Pedagogia. Seguem algumas orientações:

 

Pergunta: Existe um padrão de tamanho do espaço físico?

Resposta: Não há definição sobre isto, mas o ideal é utilizar no mínimo um espaço de uma sala de aula comum. A utilização do acervo contido nesse local pode ser ampliada e diversificada caso haja uma  circulação do mesmo a outros espaços da faculdade, como salas de aula, pátios etc., ou ainda,  empréstimo de material.

 

Pergunta: Qual o requisito mínimo para uma brinquedoteca funcionar?

Resposta: O funcionamento e a utilização de uma brinquedoteca universitária devem se basear  no tripé Ensino, Pesquisa e Extensão. Para tal, é essencial contar com um professor responsável e com conhecimento para trabalhar projetos lúdicos com os alunos de modo que compreendam a importância do brincar, do brinquedo e dos jogos na Educação Infantil e no Ensino Fundamental. Quanto ao acervo, é necessário contar com uma variedade de brinquedos que vão de encontro com as necessidades das faixas etárias atendidas no cotidiano dos futuros pedagogos.  Por exemplo, objetos lúdicos construídos  com materiais reutilizáveis, brinquedos tradicionais (chocalhos, pião, bolas de gude, bilboquê, 5 marias, pula elástico, entre outros), e os vários tipos de brinquedos de exercício, simbólico, acoplagem e regras. O material lúdico pode ser complementado pelo de artes plásticas, musicais e de leitura. A organização, disponibilidade, higienização e segurança do acervo é fundamental.

 

Pergunta: Quais os espaços básicos de atividades numa brinquedoteca?

Resposta: Depende da proposta da sua brinquedoteca. Normalmente há diversos espaços organizados de acordo com a proposta. Por exemplo: Canto do Bebê, das fantasias, do faz de conta, dos jogos de regras. Mobiliário básico e versátil para registro das atividades e pesquisas pelos alunos e professores, assim como para higienização e recuperação do acervo, também faz-se necessário.

 

Pergunta: Existe alguma norma regulamentadora?

Resposta: A ABBri está desenvolvendo, mas no momento não há uma específica, porém há alguns critérios pontuais que o MEC avalia.

Posted in Uncategorized | Leave a comment